Demo Site

sábado, 21 de maio de 2011

Para minha adorada

Bem, faz um tempo já que eu não posto nada, talvez estive esperando por algo mais forte e não deu outra. Andando meio ocupado ultimamente, tanto a fazer na faculdade, no trabalho, eu percebo o quanto o ano passa rápido quando se termina outra semana e eu percebo que não fiz tudo o que eu queria, acho que isso vai levar mais tempo do que o que eu queria.

O dia das mães passou e nem um presente eu comprei pra minha, logo nesse dia onde ela, pela primeira vez, passou a data sem a sua mãe. Não consigo me imaginar no lugar dela. Essa semana eu comprei um presente, uma blusa que ficou curta e fomos trocar hoje.

Minha mãe é daquelas que vive do trabalho pra casa e que alguns dias vai fazer trabalho voluntário, não sai pra outros lugares... hoje ao passar algumas horas com ela, coisa que não fazíamos há muito tempo, ela conseguiu se distrair, ver novas pessoas e eu sei que isso faz falta e mais falta não ter o filho, único por perto.

Após a loja levei ela pra jantar comigo, ela que nunca come fora e me disse uma frase que realmente poderia fazer o mundo acabar.. "Hoje está sendo o meu dia das mães" e eu sempre penso que nós não existimos um para o outro, é uma ligação muito forte, não vem daqui e eu sofri tanto por pensar no dia em que ela me deixaria, me sinto fraco sem a sua presença, é o meu forte e meu guia, a minha alegria é ver ela descobrir novas cores em coisas que eu vejo tão simples, a sua inocência é parte da riqueza que descobri que está em mim e que não quero perder nunca. Espero que mesmo distante esteja sempre ao meu lado e que a sua coragem me guie pelo caminhos difíceis.

E para terminar, a uma música que ao ouvir se torna impossível não derramar algumas lágrimas:


Ah! Minha adorada
Viajei tantos espaços
Pra você caber assim no meu abraço

Te amo!
Ocorreu um erro neste gadget

Procurando...