Demo Site

sábado, 25 de setembro de 2010

Esmeralda, para matar-te!




Novela, seria uma boa definição ou talves um reality show.
Bem podemos dizer muitas coisas, mas não será fail esquecer um feriadão com a galera na praia, FINALMENTE!!!

Do dia 4 ao dia 6 estavamos em Itanhaém, uma praia da baixada santista, casa do Gu onde aproveitamos o sabado de sol, para alug.. mentira kkk pra conhecer o local, sem falar nas pedras.

Conhecendo os caminhos de pedra Mulheres de areia

Você caro leitor se não sabe agora ficará esclarecido que Ita em alguma língua indigina, sei lá qual quer dizer 'pedra', simples assim, tanto quando Itaim, Itaquera, Itaquaquecetuba, Itaú, Itapemirim... e assim por diante Itanhaém deve ser 'pedra pra caralho'.

Algumas delas ¬¬

A noite o resto do pessoal chegou e estavamos todos reunidos, assim como os confinados do Big Brother Itanhaém, algum deles que seria o vencedor, ou assassino, ou ladrão, até quem sabe um enrustido =~ uahshahusuhuahushuaushuuahsh.
Guerra de travesseiros Lual sem lua do Jim que teve lua e muito frio( e eu dormindo)

Numa das provas do líder chamada Bicho Bebe, da tradicional sueca fizemos com cores, dentre eles os participantes Paulo como o marrom, Michelle a azul, Gustavo o verde, Wellington o branco, Walter oCiano (talves se escreva junto mesmo :/), Eu como o aMARELO, Rafa o Magenta, Fernada a L-a-r-a-n-j-a, Vanusa violeta, Juliana roxo e ele Vitor como o Esmeralda \o/

Numa deixa muito linda Paulo passa o jogo pra Vitor da seguinte forma: " Marrom não bebe, quem bebe é .. Esmeralda, hummm... esmeralda? que porra é essa? Esmeralda, Hummm sei (todos caem na risada).

Bicho bebe :]

Coitadin, o apelido ficou :/ e a noite no quarto masculino enquanto eu tentava dormir saia as piadas de era Rocha, como a do Paraguaio que veio para matar-te, para quê?

Realmente, para quê saiu isso, durante a noite toda novas especulações sobre paraguaios, parafina, paraplégico, parabólico, parasita, paradigma, ... entre outros não deixaram a galera dormir :)

Bebendo vinhozinho lá no centro

De domingo para segunda-feira, antes de irmos embora fomos ao centro da cidade a noite, todos pra beber, dar uma volta, comprar coisinhas de lembrança, depois ao voltar deparamos com a porta arrombada, ligamos para a polícia, uma correria, as meninas sairam de carro todos os mulekes na rua para ver o que tinha acontecido e chega a polícia. Entram na casa e ninguém mais estava lá, mas tudo estava revirado, a maioria queria ir embora naquele momento pra Sampa, mas com o conselho do guarda ficamos, passamos a noite juntos no mesmo quarto, foi um momento de total união.

A casa toda revirada nos momentos de tensão.

Todos juntos ali decidimos ficar e aproveitar ao máximo o ultimo dia, afinal não é todo dia que um feriadão dá certo, pra mim foi um dos melhores momentos, onde aproveitamos ao máximo.




Aproveitando ao máximo!

Todos voltamos sãos e salvos, porém alguns com menos do que já tinham, fomos num rodízio de pizzaria e a vida continua da mais bela forma.

Rodizio

E você, não perca o próximo episódio de Esmeralda, para matar-te! Ou acompanhe em alta definição conosco ;D

1 comentários:

Coisas uteis disse...

conste que a cerveja que tinha lá se chamava ITAipava uhehuehueuhue

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Procurando...