Demo Site

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Querido diário...

Eu começo essa postagem com um sorriso no rosto, calma, é muito simples acho que se chama tranquilidade que veio após a tormenta.

Eu queria estar mais presente (mais.. como?) continuar a postar todos os dias sobre tudo o que eu puder, o problema é que a semana que passou foi muito conturbada e ainda deixou seus traços pelas que estão por vir, nessa parte eu sempre faço como Rousseau disse e sempre consigo voltar à ativa.

Faltam menos de 4 meses para fazer 21 anos, caramba a maioridade completa e eu ando me sentindo como um pré-adolescente, é de rir só em pensar. A minha bipolaridade não me deixa em paz em certas horas, fazer o quê se ela talvez seja uma companheira que estará comigo durante algum tempo e o que eu tenho a fazer é me acostumar.

Eu não consigo mensurar a gratidão que eu tenho à algumas pessoas por me fazer tão bem, seja em 10 segundos ou pela eternidade, próximas ou distantes uma certa coisa não muda, eu penso se elas ficam imaginando se devem estar se afastando de mim, às vezes com receio de me perder. Descobri que sou insensível com o sentimento de outros, um pouco frio, eu entendo que isso faça parte, o que eu mais gosto é que as pessoas estejam próximas a mim e eu acabo não fazendo o mesmo por elas, é uma lição a ser aprendida. Também tenho que deixar de ser chiclete em outras situações.

O bom de colocar tudo no "papel" é conversar consigo sobre pontos a melhorar, no caso o que eu sempre busco. Espero que ninguém leia isso, é engraçado partir do momento que eu divulgar em alguma rede social, quem sabe eu seja escutado por im alguem do outro lado do mundo, que se diverte com histórias de uma vida cotidiana aleatória, eu também me divirto em pensar essas coisas, o que provavelmente outra pessoa não faria.



Talvez eu esteja certo, mas talvez eu esteja errado,
Tornando-se à medida que avançamos,
Não fuja!
We're just getting closer...

0 comentários:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Procurando...