Demo Site

terça-feira, 5 de abril de 2011

Fantoche

Tem dias que não dá pra sorrir pra tudo, o dia acorda estranho e acontece coisas ao seu redor onde você percebe que falta cor. Sentado na janela com olhar distante e com cara de quem pouco se importa é um momento onde estão milhões ao seu lado, mas está só da mesma maneira. Falta inspirações para que você possa desabrochar um sorriso no rosto.

Dias como esse não tem remédio específico, ele chega quando quer. É como o tédio de um domingo onde você se preocupa em se poupar para a segunda-feira de trabalho e estudo ao tentar evitar a fadiga. A velocidade do seu tempo é diferente de outras pessoas, uma câmera lenta na velocidade normal com um trilha sonora profunda onde os objetos brincam entre si sem expressões e você fica fascinado ao acompanhar, você é telespectador e diretor. Dura um minuto, uma hora, um segundo e voltar a realidade parece doloroso, machuca o peito.

Sonhar acordado parece tão normal, pesadelos também são sonhos.. não se esqueça. Enquanto a vida brinca com você, nós retribuimos de bom grado ao entrar na dança dos dias.



Não temer, só sorrir
Dizer que só quer ser feliz
Poder ver o pôr-do-sol
Com o beija-flor, não mais com o girassol

0 comentários:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Procurando...